O Melhor Sexo Que Ela Já Teve!

7 Mulheres Contam Suas Melhores Transas! As Histórias Delas Vão Te Dar Várias Ideias!! Delicie-se!!

Muita coisa rola no sexo: afeição, atração, antecipação, localização, surpresa e muito mais. Para atiçar a sua imaginação, conversamos com 7 mulheres que dividiram as suas experiências mais loucas e depois pedimos a especialistas para nos ajudar a entender o que você pode aprender com elas!

“Nossos colegas poderiam nos ter pego no ato.”

“Um cara novo na empresa e eu estávamos flertando há algumas semanas. Nós trabalhávamos num estúdio de foto que fotografa modelos, roupas e produtos de estilo de vida. Uma das minhas atividades era administrar o closet com os produtos. Um dia eu estava dentro catalogando produtos quando ele entrou para bater papo. Começamos a nos divertir no papo e quando vi, ele já estava me beijando. O closet tinha uma porta para a sala de conferências, então eu corri e fechei. Não demorou até nossas roupas começar a cair no chão. Ele tinha acabado de tirar a minha calça quando eu ouvi  vozes! Nós gelamos! O meu chefe tinha entrado na sala de conferências com alguns colegas para uma reunião. Eu olhei para o cara e ele me olhou… E nós continuamos do ponto onde tínhamos parado. A excitação estava insana: um cara novo, uma experiência nova, o risco de ser pega. Pior do que isso era tentar não fazer barulho. Quando eu estava perto do orgasmo, ele me deu a camisa dele para morder. Ela estava com o perfume dele e o meu orgasmo foi ÉPICO!”

— Angela, 32 anos

POR QUE FUNCIONOU

O medo de ser pego envia uma enxurrada de adrenalina e endorfinas para o seu corpo, elevando o prazer, diz Jenn Gunsaullus, Ph.D.,  sociólogo e conselheiro de intimidade em San Diego. Mas existe um problema também: Brincar em segredo te faz sentir que tanto existe um vínculo mais forte quanto que um relacionamento pode deslanchar depois do ato.

FAÇA

Transar na sala de descanso pode não ser um risco que valha a pena. Então antecipe-se limitando as escapadas a beijos, toques e amassos – tudo com exceção do Grand Finale, diz Gunsaullus. Pausar o “filme” e continuar mais tarde é o tipo de preliminar que as mulheres adoram. A excitação dos amassos num lugar público vão fazer a continuação mais tarde ser ainda mais intensa.

*********************************************************************************************************

[Tenha ereções longas e potentes sem uso de remédios!! Um programa 100% Natural: CLIQUE AQUI]

“Foi a primeira vez que eu soube exatamente o que ele queria.”

Há uns meses atrás eu estava na cama com o meu marido quando, no meio das preliminares, ele começou a me fazer um monte de pedidos. “Respire no meu ouvido,” ele disse. “Agora escorregue a sua mão até o meu peito”. É claro que nós já dávamos indicações um ao outro, mas nós não falávamos muito durante o sexo. Agora, ouvir meu marido pedir de fato por algo específico? Aquilo era novo – e incrivelmente sexy. Fez tudo o que ele fazia pra mim um sentido muito maior de propósito. Quando ele pediu algum tipo de beijo ou toque, tudo ficava mais deliberado e com mais sentido. Como resultado, o sexo foi melhor do que nunca. Falando no curso do ato me fez sentir como se nós não estivéssemos apenas fazendo sacanagens cada um no seu mundinho sexual separado, mas ao invés disso atuando num conserto para criar um experiência mutualmente prazerosa.

— Cintia, 29 anos

POR QUE FUNCIONOU

Ela deseja o seu feedback na cama. Isso é em parte por causa da evolução, diz Paul Hokemeyer, Ph.D., terapeuta familiar e de relacionamento de Nova Iorque. “Mulheres precisa de mais comunicação para que garantir estejam num relacionamento seguro e não num de alto risco ou perigoso.”

FAÇA

Comece com pedidos simples, como “me beije” ou “Chegue mais perto” antes de guia-la para baixo, diz a consultora de sexo Debby Herbenick, Ph.D. Se ela falar ou guiar você, obedeça. Isso mostra que você se importa com o prazer dela também.

********************************************************************************************************* 

“Eu nunca tinha tentado um ménage trois mas estava aberta à ideia.”

Um mais-que-um-amigo me perguntou se eu estaria aberta para um jogo à três com mais uma garota. Eu estava curiosa, então ele combinou um jantar no seu apartamento. Quando a outra garota chegou, eu pirei: um vestido apertado, botas altas, cabelos longos cacheados. Naquele momento eu entendi o que era ser um garoto adolescente. Eu só queria ela!! Eu estava nervosa quando fomos para a cama, mas ela claramente já tinha feito isso antes. Ela perguntou, “Você prefere ser lambida ou chupada?” Uhn, os 2! Eu comecei beijando o meu amigo, aí ela veio pra cima e me beijou. Enquanto isso, meu amigo apertava meus peitos. Existem tantas possibilidades. Foi uma grande sacada fazer sexo com o meu amigo com ela assistindo, e depois fazer sexo com ela com ele assistindo. Isso era sexo turbinado. Tudo ficava mil vezes mais intenso.

— Jessica, 37

POR QUE FUNCIONOU

Pessoas que estão abertas para tentar coisas novas na cama contam que têm mais satisfação sexual, diz Herbenick. E uma abertura a negociar limites arriscados pode deixar você mais conectado, diz Gunsaullus.

FAÇA

Prepare os detalhes do jogo à três com antecedência, diz Gunsaullus. Negocie limites, e deixe  amigos próximos fora disso; um estudo canadense de 2012 concluiu que mulheres tinham mais prazer físico com a ideia de fazer sexo com estranhos do que com amigos.

*********************************************************************************************************

“Ele me dobrou na pia e levantou a minha saia.”

Eu estava lavando a louça depois de um jantar romântico com esperança que ele interrompesse. Eu estava usando a minha roupa mais sexy – roupa colada no corpo e minissaia – bem provocante. Quando ele veio pra cozinha e deslizou a mão para a minha cintura, eu arrepiei. Ele me abraçou forte e beijou o meu pescoço. Eu tentei virar mas ele não deixou. Ao contrário, ele deitou na pia e levantou a minha saia. Eu dei permissão. Eu queria que ele me controlasse, e isso foi o que tornou tudo tão sexy.

— Rebeca, 38

POR QUE FUNCIONOU

O jogo é sobre ajudá-la a se sentir segura para ela se entregar e viver o momento, diz Herbenick. Quando vocês confiam um no outro, ela sabe que você quer direcionar a experiência para o prazer dela e não o seu.

FAÇA

Aja com os sinais dela – como quando ela está usando roupa bem provocante, diz Herbenick. Num relacionamento mais próximo, você pode ser impulsivo tomando o controle e ver o resultado – se ela vai gostar. Depois, pergunte o que ela gostou e o que não gostou, o que quer mudar.

*********************************************************************************************************

[Tenha ereções longas e potentes sem uso de remédios!! Um programa 100% Natural: CLIQUE AQUI]

“Foi sensual demais. Nós nunca nos sentimos tão perto.”

Era 4 horas da tarde, e meu marido e eu estávamos no quarto de um chalé no interior da Califórnia. Nós havíamos casados algumas horas atrás e, para ser honesta, nenhum dos dois tinha planejado fazer sexo aquela noite. Nossos amigos tinham nos alertado, dizendo que estaríamos cansados e bêbados demais. E eles não estavam errados. Eu já estava pronta para ir dormir. Mas aí ele me ajudou a tirar o vestido. Era complicado – todos os botões e zíperes. Não era um strip-tease. Ele foi cuidadoso e gentil, e parava várias vezes para me beijar. Eu estava tão feliz de estar me despindo na frente do meu marido. Aquilo foi diferente de todas as outras vezes que eu já tinha ficado nu na frente dele. Normalmente quando nós fazemos sexo, é leve e divertido. Nós fazemos muitas brincadeiras. Mas essa foi demorada e séria, e quando nós olhamos um para o outro e nos tocamos, eu senti essa sensação enorme de conexão. Foi sensual demais. Nós acabamos indo para a cama, e o tempo todo eu pensava, eu quero ter você assim o resto da minha vida.

— LaÍs, 34

POR QUE FUNCIONOU

Herbenick estudou milhares de casais e concluiu que a intimidade emocional é um dos percursores mais potentes do prazer sexual e do orgasmo. “Em alguns casos, a intimidade emocional era mais importante até do que amor”, ela diz.

FAÇA

Aprofundar a carga emocional no quarto apreciando lentamente o corpo dela e narrando genuinamente essa apreciação. Demore mais nas áreas negligenciadas, como os lóbulos da orelha ou a parte de trás do pescoço dela, diz Gunsaullus. Ambas as regiões obtiveram uma pontuação alta num estudo de 2013 de zonas erógenas por pesquisadores sul-africanos e do Reino Unido. Outros pontos quentes? A lombar e parte interna da coxa.

*********************************************************************************************************

“Nós terminamos no papai-mamãe, e até isso foi excitante.”

Meu namorado é um paramédico e numa noite ele me convidou para ir ao quartel dos bombeiros. Estávamos sós. Ele fez um tour comigo e terminamos na garagem. Nós brincamos com os uniformes, e, então, subimos nos caminhões. Eu nunca tinha entrado num caminhão dos bombeiros antes, então ele o abriu e me conduziu. O uniforme de bombeiro é pesado demais, então começamos a tirá-lo, e não paramos mais. Eu estava congelando, o que fez nós nos aproximarmos ainda mais. Acabamos fazendo sexo no chão da cabine. Ele sentou e depois eu sentei em cima dele, de frente para ele. Não era uma posição nova mas parecia porque o lugar era tão diferente e selvagem. Nós terminamos no papai-mamãe, e até essa foi excitante porque nós estávamos no chão de um caminhão dos bombeiros! Um lugar que eu nunca tinha estado antes, e ao qual eu não pertencia.

— Camila, 24

POR QUE FUNCIONOU

As mulheres ficam tão excitadas quanto os homens quando são apresentadas a situações incomuns, descobriram pesquisadores da Universidade de Lethbridge no Canadá.

FAÇA

Para isso, você não precisa invadir uma unidade do corpo de bombeiros. Qualquer coisa fora do comum, diz Hokemeyer, alcançará o efeito desejado porque vai adicionar uma página excitante no livro de brincadeiras – seja fazer no chão da cozinha, ou na lavanderia enquanto a máquina está trabalhando.

*********************************************************************************************************

“Ele arrancou a minha calcinha, mas não o vestido.”

Uma noite, depois de uma de uma festa bacana, meu paquera e eu fomos para a casa dele. Eu estava usando um vestido de cetim vermelho decotado e um salto agulha. Ele estava usando uma jaqueta. Nós passamos a noite dançando, e tudo foi glamoroso, como se fôssemos um casal de filme. Era romântico e como se fosse um sonho. Quando eu pedi para ele me ajudar a abrir o zip do vestido, ele me virou e começou a me beijar – e foi descendo até o meu pescoço e desceu para o meio do meu decote. Ele tirou uma das alças do vestido e começou a beijar meus peitos. Eu olhei para baixo, pro meu vestido, pra jaqueta dele, e a boca dele em volta do meu bico. Era tão impróprio – nossas roupas sofisticadas combinadas com aquela sexualidade animal. Era melhor do que se estivéssemos lá nus. Então, ele começou a beijar mais para baixo do vestido, até chegar nos pés, ainda com o salto agulha... E subiu por baixo do meu vestido. Acabou tirando a minha calcinha, mas deixou o vestido. Foi o melhor orgasmo que eu já tive...

-- Laura, 30

POR QUE FUNCIONOU

Cada desvio do esperado coloca nossos sentidos em alerta máximo, desde os visuais (o contraste entre o cetim vermelho e a boca dele) até o toque dos lábios dele na perna, diz Hokemeyer. “Por séculos os homens usam esse elemento surpresa na batalha e no esporte para ter vantagem – 2 campos que num nível básico possuem características similares a relações sexuais entre homens e mulheres”, ele acrescenta. “Nas 3 existe um elemento de grande consciência e sensação. E a carga de adrenalina associada pode ser bem sedutora, picante, e fisicamente gratificante.”

FAÇA

Proponha algo radicalmente diferente: Numa pesquisa com mulheres, 65% disseram que usariam uma máscara no quarto, e 75% se mostraram interessadas em usar um balanço erótico. Você também pode tentar um vibrador, sugere Herbenick.

*********************************************************************************************************

 

 

About admin

This area is reserved for the author biography and must be edited for each site author. This setting can be found in the Biographical Info section, in the admin panel. If you wish to include links for the author's social networks, we recommend that you install the WordPress SEO plugin. After installed, it will appropriately create fields for each social network in the user administration panel. After filled, they will appear automatically here.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *